Ex-porta-voz da família Jackson, Raymone Bain, fala sobre Paris.

Ir em baixo

Ex-porta-voz da família Jackson, Raymone Bain, fala sobre Paris.

Mensagem por Billie Jean em Sex Jun 07, 2013 2:18 pm



Raymone Bain é ex-porta-voz da família Jackson e conhece a família há anos. Ela conhece Paris desde que ela era uma criança.

- Você ficou surpresa com o ocorrido?

- Eu fiquei paralisada como a maioria das pessoa que trabalharam para o Michael. Eu observava Michael e Paris. Ela, "a menina dos olhos dele". Para ele, ela era sua princesinha. Então você imagina com o que ela tem passado por todos esses anos. As pessoas não se dão conta de que ela estava lá com Michael, 24 horas por dia. Ela foi escolarizada em casa. Sabe, ela era a mais próxima dele. Ela, Prince e Blanket. Foi um tremendo choque para esta bebezinha.
Eu a chamo de bebê porque ela tem só 15 anos. Eu tenho que admitir que ontem eu recebi centenas de chamadas de pessoas que trabalharam para o Michael Jackson.

Pessoas de tão longe como o Oriente Médio, Japão, que estavam preocupados e queriam que eu compartilhasse com Paris e a família que ela não está sozinha. Há tanta especulação quanto ao que aconteceu, mas esta jovem já passou por muito. Eu acho que ninguém sabe exatamente o que causou isso. Mas nós só queremos que ela saiba que estamos orando por ela. Estamos orando pela família. E estamos desejando-lhe o melhor. O pai dela conversou comigo por horas sobre seus planos para ela e seus irmãos. Deixe-me dizer uma coisa, eu quero que ela saiba que seu pai pensou muito sobre o que ela faria no futuro. Ele tinha grandes planos para ela. Eu quero que ela saiba que ele a via como outra Angelina Jolie, Audrey Hepburn. Ele olhou para Paris como alguém que iria levar as ações dele para todo o mundo. Eu quero que ela saiba que não está sozinha por aí. O espírito de seu pai e todos que trabalharam para ele há anos estão por ela e nós só queremos que ela saiba disso, John.

- Temos ouvido que ela tinha possíveis marcas de corte em seus braços. Vimos os tweets. Temos visto os vídeos. Eles estão sugerindo, você sabe, uma menina de 15 anos passando por momentos difíceis. Mas você sabe de quaisquer sinal de qualquer coisa como depressão nos últimos anos?

- Eu tenho falado com alguns membros da família. Eu não tenho visto Paris desde o funeral do Michael. Eu tenho contato com a avó em algumas ocasiões. E, o avô e os tios. Nuca me falaram de depressão. Eu e digo que, Michael Jackson morreu em Junho de 2009. Minha mãe morreu vários meses depois e foi traumático para mim com a minha idade. Imagina para Paris que está pelo mundo todo com o pai, do Louvre à sentar com ele, conversar com ele sobre a carreira e a vida dele como criança. A gente iria pra Ásia, pra Austrália, Irlanda e Michael amava livros e ler. Nas livrarias vendiam CDs. E Paris fazia Michael comprar os próprios CDs. Se você acredita. Ela é a fã número 1 dele. Não tem fã número 1 na Ásia, na Europa-Paris é a número 1. Dá pra imaginar o Rei do Pop numa loja de discos ou livraria e sua filhinha de 6,7,8 vindo com uma pilha de "Thriller" e "Michael Jackson's History 1,2,3" e Michael dizendo, "Olha Paris, nós temos isso em casa. Eu não vou comprar meus próprios CDs". Como criança ela dizia: "Papai, você é o meu artista preferido. Eu quero um CD seu", e a gente terminava comprando os CDs do Michael e vídeos em todo lugar que a gente estava no mundo. Esse é o tipo de amor e admiração que ela tinha pelo pai. Por ser levado inesperadamente aos 50, ela viu sobre o que nós estamos escutando, os horríveis fatos e a deterioração. Essa garotinha e os irmão estavam lá vendo isso. Dá pra imaginar o tipo de choque que ela experimentou e porque ela está passando pelo o que está passando.


PPB

____________________
avatar
Billie Jean
Admin

Mensagens : 149
Data de inscrição : 05/04/2012
Idade : 27
Localização : @Paris_JacksonBR

Ver perfil do usuário https://www.facebook.com/parisjacksonbrasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum